abril 01 2019 0Comentario

Imposto de Renda: declaração e dedução de gastos

A declaração e dedução de gastos do Imposto de Renda vem gerando muitas dúvidas. O período de declaração começou dia 7 de março e vai até 30 de abril, você sabe se precisar declarar?

Fique atento, pois existem multas para aqueles contribuintes que não fizerem a declaração ou entregá-la fora do prazo determinado. Essas multas vão de, no mínimo, R$165,74 podendo chegar ao correspondente de 20% do imposto devido.

Quem deve declarar?

Todos os cidadãos, sejam físicos ou jurídicos e possuem um rendimento acimado valor determinado por categoria.

Categorias:

Quem obteve rendimento tributável com soma acima de R$ 28.559,70, no último ano (2018);

Os cidadãos que receberam rendimentos isentos, não-tributáveis ou tributados na fonte, acima de R$ 40 mil como, por exemplo, loterias, ganhos com aplicação etc.;

Pessoas que possuam bens de direito com valor acima de R$ 300 mil;Trabalhadores rurais que arrecadaram valor acima de R$ 142.798,50 na realização da atividade rural no ano base (2018);

Quem tenha posse ou que movimentou determinada quantia de bens móveis ou ainda realizou operações em bolsas de valores, mercadorias, entre outras atividades.

Envio da declaração:

Existem dois tipos de envio e a escolha deles depende, principalmente, do tamanho das despesas que você pretende abater no Imposto. Veja qual delas se adequá mais à sua situação:

– Declaração simplificada: essa modalidade é geralmente destinada àqueles que não pretendem solicitar a dedução das despesas admitidas pela legislação tributária é deixada de lado. Mas existe ainda o direito à dedução de 20% dos rendimentos tributáveis, desde que o valor total seja de até R$16.754,34 anual.

– Declaração completa: essa categoria é melhor para quem pretende obter uma dedução maior do imposto, porque nela todas as possibilidades de desconto são colocadas, desde que todos os comprovantes e recibos sejam apresentados.

Deduções possíveis:

Essas são as categorias que podem ser abatidas no Imposto de Renda, mas sempre é bom verificar cada uma, pois elas possuem limites e particularidades diferentes. Além, de claro, sempre estar de olho para caso alguma nova categoria tenha sido inclusa.

Pensão

Gastos com funcionários

Imóvel

Implante dentário e dentista

Gastos com saúde fora do Brasil

Imóveis alugados e gastos com imobiliária

Exames e consultas médicas, fisioterapeutas, psicológicas (gastos com medicamentos não são abatidos)

Próteses

Plano de saúde

Plano de previdência

Gastos com universidade

Escola

Doações a entidades beneficentes.

Fique atento aos prazos e não fuja do Leão. Para uma empresa, a declaração significa comprovar que está em dia com seus impostos e para observar o seu desempenho anual. Já para os cidadãos, é uma forma de receber de volta aqueles impostos pagos a mais, além de provar a legalidade de seus gastos anuais. Portanto, é uma segurança para você.

Fonte: Jusbrasil

Escreva uma resposta ou comentario